quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Thiago, Diego, Rick e Ronaldo

Thiago e Ronaldo moram no Rio, Diego em Macuco e Rick em Cantagalo. Os quatro têm em comum a juventude, a criatividade e o gosto pela literatura como forma de expressão. Os quatro vão se apresentar na FLIM.

Pássaros Artificiais: HQ de Diego Aguiar Vieira
Diego Aguiar Vieira, da pequenina Macuco, é, provavelmente, o mais vanguardista. Combina a prosa literária com as histórias em quadrinhos, mistura tudo e faz um "pacote" que estimula o leitor a criar/montar as histórias junto com ele. Vai fazer na FLIM uma palestra sobre narrativas pós-regionalistas. O que é isso? Ora, vamos descobrir ouvindo o Diego.



O cantagalense Rick da Cunha é contista e poeta. Produz microcontos, o novo gênero literário de poucas palavras, nascido sob medida para as novas mídias. Já participou de outras edições da FLIM. Este ano lança aqui um livro de poemas, Da varanda do mundo.

Thiago David também é poeta. O lançamento de seu livro A poesia da notícia coroa um curioso projeto que durou um ano e lhe exigiu muita disciplina: todo os  dias, abrir o jornal, escolher uma notícia e escrever um poema. Como se vê, poetas são capazes de achar poesia até no noticiário dos conturbados tempos que vivemos.

O carioca Ronaldo Junior vem com O verso sou eu, um volume com 60 poemas que ele vai autografar logo após a apresentação de "Poesia e os Direitos do Homem", um compartilhamento de textos inspirados em artigos da Declaração dos Direitos do Homem. O documento, proclamado durante a Revolução Francesa, está completando 228 anos neste dia 26 de agosto. Ronaldo Junior vai participar junto com o também poeta Thassio G. Ferreira e a mediadora Valéria Martins. O público pode obter pela manhã cópias dos artigos na Tenda do Dezessete, na Praça Frouthé, e escrever um texto para compartilhar à tarde. Vejam aqui os horários das aparesentações:

Sábado 26 de agosto

15h às 16h
Pássaros Artificiais: Narrativas pós-regionalistas e HQ – Com Diego Vieira, no Sr. Café

15h30 às 17h
Poesia e os Direitos do Homem – Bate-papo comemorativo do 228o aniversário da Declaração dos Direitos do Homem. No Tendão Cultural

17h às 18h
Da varanda do mundo – Lançamento do livro de poemas de Rick da Cunha. No Sr. Café

Domingo – 27 de agosto

10h às 11h
A Poesia da Notícia– Lançamento do livro de Thiago David e bate-papo com o autor sobre o projeto “Um poema por dia”, baseado em notícias de jornal.
Tendão Cultural

Teatro, pedagogia, poesia: mulheres em destaque

Mais atrações da FLIM 2017: No sábado, às 16 horas, o grupo de teatro Harmonia, dirigido pela atriz madalenense Marlene Freitas, traz a peça Fragmentos, baseada em textos de vários autores. Do elenco fazem parte Iris Corradi, Maria Elisa Caputo, Ryan Poubel, Ana Mara, Joana, Suellen, Angélica, Lucas, Carlos Alexandre, Arthur, Grazielly , Sabrina e Marlene. 

No mesmo dia, também às 16 horas, Cecília Pinheiro, professora na Escola Municipal Alto Independência, em Petrópolis, vai compartilhar a experiência do Projeto Independência, que está reconfigurando as práticas pedagógicas  na escola pública e em 2015 ganhou do MEC o prêmio de Inovação em Educação. 

Mariná Sarmento

E no domingo, a professora e escritora Vanda Salles, ativista cultural em São Gonçalo, faz palestra sobre a obra da poetisa madalenense Mariná Valentim de Moraes Sarmento (1909-2003), que às vezes se assinava Mariná do Brasil. A madalenense fez parte da geração de mulheres latino-americanas que se destacaram na criação de uma poética feminina e proto-feminista nas primeiras décadas do século 20. Entre elas, estão a uruguaia Juana de Ibarbourou (a Juana da América), a argentina Alfonsina Storni e a chilena Gabriela Mistral, prêmio Nobel de Literatura de 1945. Mariná  viajou pelo mundo, morou em várias cidades e morreu em Santa Maria Madalena. Seus livros mais conhecidos são Ânfora e Verão em Flor.

Horários:

Sábado 26 de agosto 
16h às 17h

Fragmentos  – Grupo de teatro Harmonia. Direção de Marlene Freitas. Casarão Dubois
Inovação na Educação: O caso do Projeto Independência. Sede da Euterpe

Domingo 27 de agosto
14h às 15h
Mariná do Brasil, mulher do século 21 – Palestra de Vanda Salles. Senhor Café.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Atrações da FLIM qualificam professores municipais


Os professores da rede municipal de ensino de Santa Maria Madalena que participarem das atrações da FLIM relacionadas abaixo e assinarem o livro de presença que estará disponível no local receberão certificado de participação. A iniciativa faz parte do programa de Qualificação de Professores da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes, em parceria com a FLIM.

As atividades selecionadas pela Secretaria de Educação são as seguintes: 

 Bate-papo com Ana – Encontro com a homenageada da FLIM (exclusivo para alunos das escolas, pais e professores) - Sábado, 10h às 11h, na Câmara Municipal
  Ana para gente grande – Bate-papo com a homenageada Ana Maria Machado. Sábado 19h ás 21h, também na Câmara Municipal
 Isso é Arte? – Bate-papo sobre arte contemporânea. Com Lina Ponzi. Sábado, 11h às 12h, no Casarão Dubois

Vida de Colono – Elizabeth Linhares e Mara Mendonça mostram como era o dia a dia dos colonos nos tempos da cafeicultura na região.  Sábado, 11h às 12h no Tendão Cultural
Mesa-redonda: História e Política na Literatura – Sábado, 14h às 16h Câmara Municipal
Novos olhares através da ludicidade – Lançamento do livro de Elaine Lopes.  Sábado, 15h às 16h,  na Tenda do Projeto Saber (Feira de livros)
Inovação na Educação: O caso do Projeto Independência. Sábado 15h às 16h na Sede da Euterpe
Poesia e os Direitos do Homem – Bate-papo comemorativo do 228o aniversário da Declaração dos Direitos do Homem. Sábado, 15h30 às 17h no Tendão Cultural
Formação de leitor: Uma questão de jardinagem – Bate-papo com Maria Clara Cavalcanti de Albuquerque, da PUC/RJ. G.E. Elias Francis
Literatura em vídeo e música – Exibição do vídeo “Nélida Piñon, a dama de pétalas” e conferência-espetáculo “O fascínio da literatura”. Sábado, 17h às 18h30, na Câmara Municipal
Vida urbana – Por que as cidades precisam de planejamento? Palestra de Regina Bienenstein. Domingo, 12h às 13h, no Tendão Cultural