quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Ecos da FLIM 2012


Quem assistiu à contação de histórias de Rosana Almeida, emocionou-se com o presente que ela nos trouxe: a canção em homenagem a Clarice Lispector, composta especialmente para nossa festa literária.  No final, todos cantamos juntos. Veja no vídeo de Leandro Almeida:

E acompanhe com a letra:

Clarice, clara como Alice

(Letra de Rosana Almeida e Maysa Henriques; Música de Rosana Almeida)

Tenho ouvido muitas histórias, das vozes de muitas mulheres
Que trazem em suas palavras verdades sentidas
A beleza de quem se entrega, mundo interno tão misterioso,
Se traduz em inspiração a quem tem ouvidos

Hoje vou contar um pouco sobre uma destas mulheres
Que nada pretendia alterar, apenas queria ser
Desde pequena fantasiava histórias de nunca acabar
Bichos que falam e bruxas más, tudo a se transformar

Clarice clara como Alice, encantada mergulhou
E não tem volta pra quem entrou, não há o que resgatar    
Fez da caneta seu fio condutor, do papel asas pra voar
E a cada amanhecer, voava menina Clarice

Sou um coração batendo no mundo
Você que me lê que me ajude a nascer

Nenhum comentário:

Postar um comentário