domingo, 18 de agosto de 2013

Uma noite com os quintanares

Não percam o espetáculo marcado para a sexta-feira, 23/08, às 22h, no Clube Montanhês. O ator Vagner Souza diz textos de Mario Quintana, enquanto contracena com imagens do poeta em fotos e vídeos. 

Quintanares estreou na cidade natal de Quintana, Alegrete - RS, em 2005.  Desde então vem cumprindo um roteiro pelo Brasil. No Estado do Rio de Janeiro, já se apresentou em diversas cidades, com apoio do Sistema Cultural Sesi. 

O título do espetáculo vem de um poema que outro grande poeta brasileiro, Manuel Bandeira, fez em homenagem ao 50º aniversário de Quintana, em 1966. Diz assim o Quintanares de Bandeira:

Meu Quintana, os teus cantares
Não são, Quintana, cantares:
São, Quintana, quintanares.

Quintessência de cantares...
Insólitos, singulares...
Cantares? Não! Quintanares!

Quer livres, quer regulares,
Abrem sempre os teus cantares
Como flor de quintanares.

São cantigas sem esgares
Onde as lágrimas são mares
De amor, os teus quintanares.

São feitos esses cantares
De um tudo-nada: ao falares,
Luzem estrelas luares.

São para dizer em bares
Como em mansões seculares
Quintana, os teus quintanares.

Sim, em bares, onde os pares
Se beijam sem que repares
Que são casais exemplares.

E quer no pudor dos lares
Quer no horror dos lupanares
Cheiram sempre os teus cantares

Ao ar dos melhores ares,
Pois são simples, invulgares
Quintana, os teus quintanares.

Por isso peço: não pares,
Quintana, nos teus cantares...

Perdão! digo quintanares.

(Manuel Bandeira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário